quarta-feira, março 09, 2011

Corvette C7 "Pimp" - Virtual Tuning - Stage1 - Minimum Interference



The work above started after I read in the blog Corvette Brasil the news about the New Chevrolet Corvette C7; I’m follower of the blog and the news are exciting to sport cars and automotive designers fans like me.


As commented in the blog and I agree the rear end of the new car didn’t seem nice as the inspiration, the Stingray Concept or even its predecessor the C6… What’s the problem?

For me that recently closed my Design College and want to be professional; It’s an opportunity to exercise my skills; so let’s start putting together the three cars: C6, C7 and Stingray Concept: Now is easier to see the differences and similarities between the cars.


At the same time is evident that the new car isn’t an all new car looking the exhaust and diffuser; or is an ordinary facelift because the exterior lines (probably as the interior) were severely modified.

But the question remains, what gone wrong??? The three cars together provide some clues. In first place let’s observe the major differences between the C6 and the Concept: Sharp body lines, bigger wheels, higher belt line, bigger exhaust, split rear windows, frontal air intake ahead of each wheel, rear air extractor after each wheel, license plate missing in the concept…

What of these differences wasn’t done in the new C7 rear end??? The major ones are the tine exhaust compared with the new enormous wheels and the license plate obligatory in a road going car.

The “problem” is: if you increase the rear wheel diameter also need large exhaust tips according with the Concept design.

Probably the exhaust wasn’t changed to save money because to match the concept, the rear tips must have the exterior diameter increase from 4” to at last 6”; maybe resulting in prohibitive additional costs.

They try to reduce the need for great exhaust tips putting some horizontal lines in the license plate niche. But in my opinion didn’t work. The license niche must be tine and discrete as possible and the exhaust tips must be bigger as I did in my virtual visualization.

In automotive design little details can make enormous differences in how people realize the car.

What you think?? Let me know in the comments, ok???

Ps. Some major modifications are coming, this is the “Stage1”. Soon I will post the “Stage2” with redesigned knock-off wheels and little modifications in the rear bump. After that I will do major modifications in the rear bump and new diffusers in the “Stage3”; follow me here or in twitter @lawrencejorgers to see these and other designs done by me.


================================================


O trabalho acima (primeira ilustração) começou quando eu li no blog Corvette Brasil sobre sobre as boas notícias sobre o novo New Chevrolet Corvette C7 para fãs de carros esportivos e design automotivo como eu.

Como comentado no blog e eu concordo, a traseira do novo carro não parece boa com a inspiração; o Stingray Concept or mesmo o predecessor o C6. Qual é o problema?

Para mim que recentemente terminei a faculdade de desenho industrial e quero ser profissional; é uma oportunidade para exercitar as minhas habilidades então vamos começar colocando juntos os três carros (segunda ilustração): C6, C7 e o Stingray Concept: agora é mais fácil perceber as similaridades e diferenças entre eles.

Ao mesmo tempo é evidente que o novo carro não é um projeto completamente novo; tão pouco é um facelift comum porque as linhas do carro foram muito modificadas.

Mas a questão permanece: o que deu errado? Os três carros juntos dão algumas pistas. Em primeiro lugar vamos observar as diferenças entre o C6 e o Conceito: linhas afiadas, rodas maiores, linha de cintura mais alta, escapamento maior, para-brisa traseiro dividido, entradas de ar na frente das rodas dianteiras, saídas de ar atrás em cada roda, sem placa no conceito...

Qual destas diferenças não foi feita na traseira do C7? As maiores são o escapamento pequeno comparado com as novas rodas enormes e a placa com o número da licença obrigatória para um carro de rua.

O “problema” é: Se você aumenta o diâmetro das rodas também precisa de escapamentos maiores de acordo com o conceito.

Provavelmente o escapamento não foi alterado para economizar porque para se equiparar ao Conceito, as ponteiras traseiras tem que ter o diâmetro exterior aumentado de 4” para 6”; talvez resultando em custos adicionais proibitivos.

Eles tentaram reduzir a necessidade das ponteiras maiores colocando linhas horizontais no nicho da placa. Mas na minha opinião não funcionou. O nicho da placa dever ser o menor e mais discreto possível e as ponteiras maiores como eu fiz na minha visualização virtual.

Em design automotivo pequenos detalhes fazem muita diferença em como as pessoas percebem o caro.

O que você achou?? Me diga nos comentários, ok???

Obs. Algumas modificações maiores estão vindo. Este é o “Estágio1”. Logo eu vou postar o “Estágio2” com rodas de cubo rápido redesenhadas (as rodas originais do Corvette Stingray 1963-67) e modificações no para-choques traseiro. Depois disso eu vou fazer modificações ainda maiores nos para-choques e novos difusores no “Estágio3”; me siga aqui ou no twitter @lawrencejorgers para ver esses e outros designs feitos por mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário